Novíssima geração do aclamado BMW Série 3 faz sua estreia no evento e começa a ser fabricado no país em 2019 – Photo:Fabian Kirchbauer – BMW Group

Nova geração do BMW X4 tem produção local confirmada para dezembro;  Inédito BMW Série 8 e novo X5 estão entre as atrações da marca no evento;  BMW 530e M Sport e MINI Cooper S E Countryman ALL4 reforçam a ofensiva de veículos híbridos plug-in no mercado brasileiro.

São Paulo, 6 de novembro de 2018 — Claramente focado em liderar a transformação da indústria da mobilidade premium global, o BMW Group potencializa a sua participação no 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo com um espaço que agrega suas três marcas – BMW, MINI e BMW Motorrad – e totalmente inspirado em uma realidade cada vez mais eletrificada, autônoma, conectada e compartilhada. E o evento paulistano foi escolhido pela empresa para a apresentar, pela primeira vez nas Américas, a novíssima geração do BMW Série 3, poucas semanas após sua avant-première no Salão do Automóvel de Paris.

A sétima geração do BMW Série 3 foi revelada oficialmente no salão pelo Presidente e CEO do BMW Group Brasil, Helder Boavida e pelo Diretor Geral da fábrica do BMW Group em Araquari (SC), Mathias Hofmann, durante a coletiva de imprensa, realizada na tarde desta terça-feira (6), no São Paulo Expo, na capital paulista. As vendas do sedã no mercado brasileiro começam no primeiro semestre de 2019 com o modelo importado da Alemanha e sua produção na fábrica do BMW Group em Araquari, Santa Catarina, terá início no segundo semestre do próximo ano. Nesta mesma unidade fabril serão produzidos, a partir do mês que vem, o novo BMW X4, cuja campanha de pré-venda se inicia hoje. O investimento na fabricação local dos novos BMW Série 3 e X4 totaliza R$ 125 milhões.

O novíssimo e luxuoso BMW Série 8 Coupé, outro modelo até então inédito no país, e a nova geração do BMW X5, também estão entre as grandes atrações da marca bávara no salão. A exposição inclui ainda as versões híbridas plug-in do sedã premium executivo BMW Série 5 e do SAV (Sport Activity Vehicle ou Veículo de Atividade Esportiva) MINI Countryman. Com essas novidades, o BMW Group Brasil mantém a sua tradição de revelar veículos inéditos e tecnologias inovadoras a cada edição do maior evento da indústria automobilística brasileira e um dos mais importantes do mundo.

 

“Olá, novo BMW Série 3”

A sétima geração do BMW Série 3, revelada em outubro e apresentada neste 30º Salão do Automóvel de São Paulo, alça o sedã-símbolo da esportividade e do prazer ao dirigir BMW a um patamar jamais visto, graças não apenas ao seu novo design, mas também à presença de tecnologias avançadas de assistência à condução, até então inéditas no modelo. Entre elas está o Assistente Pessoal Inteligente BMW (Intelligent Personal Assistant), que integra o novo Sistema Operacional BMW 7.0 e pode ser acionado por meio do comando “Olá, BMW”, dito pelo usuário em português. Esta função é capaz de explicar os recursos disponíveis no veículo, além de fornecer informações sobre o seu status atual e responder perguntas. Em suma, trata-se do copiloto ideal e particularmente útil no dia a dia a bordo do novo sedã, respondendo a comandos de voz para ajudar o motorista com inúmeras tarefas, aumentando a produtividade e o entretenimento durante o deslocamento.

Ainda sem confirmação de versões e conteúdo para o mercado brasileiro, o novo BMW Série 3 Sedan também agrega globalmente uma ampla gama de tecnologias inovadoras de assistência à condução. Entre elas destacam-se os alertas de colisão e pedestre (Collision and Pedestrian Warning) e a função City Braking, designada a avisar o motorista quando um ciclista é detectado pelos sensores. O conjunto de tecnologias inclui também o assistente de condução profissional (Driving Assistant Professional), que tem como principal função auxiliar o motorista a manter o veículo na faixa de rolagem. Já o novo BMW Head-up Display conta uma área maior de projeção, novos gráficos e exibição de conteúdo adicional. E, ao parar o veículo em uma vaga, o motorista tem à sua disposição o controle de distância de estacionamento (Park Distance Control) e a câmera traseira para realizar manobras. Neste momento, o assistente de estacionamento (Parking Assistant) assume a direção, acelerando, freando e mudando as marchas, com a ajuda da transmissão automática Steptronic. A gama de recursos inclui ainda o assistente de reversão (Reversing Assistant), capaz de voltar em marcha ré o percurso exato percorrido nos últimos 50 metros antes de estacionar o carro.

A sétima geração do BMW Série 3 contará com cinco opções distintas de motorização, sendo duas delas, a gasolina. A versão 330i, exibida neste salão, traz sob o capô uma unidade de quatro cilindros, com 258 cavalos de potência.

Em termos de design, o novo BMW Série 3 se distingue por sua personalidade vanguardista e dinâmica. Na parte frontal, destacam-se o conjunto óptico renovado, com destaque para o novo recorte dos faróis, e a grade em formato de duplo rim, a identidade visual da BMW, que ostenta aparência tridimensional. Nas laterais, o desenho dinâmico do sedã é ressaltado pelos vincos marcantes e que lhe conferem uma aparência atlética. Também chamam a atenção, as molduras da área envidraçada e a coluna C, com o design Hofmeister, outra característica tradicional dos automóveis BMW. Na traseira, dominam as linhas horizontalizadas e as lanternas com luzes de LED, elegantemente escurecidas.

A nova geração do BMW Série 3 mede 4,709 metros de comprimento e é 85 milímetros mais longa que a anterior. A largura tem 1,827 m (16 mm mais larga, e 1,442 m de altura (1 mm mais alta) e a distância entre eixos, por sua vez, mede 2,851 m – é 41 mm maior que a do sedã antecessor, o que se traduz em mais espaço interno. Já a presença de bitolas mais largas tem influência direta e positiva no comportamento dinâmico e na agilidade do veículo. O novo porta-malas, de 480 litros, possui maior capacidade de carga. A nova diretriz de design do sedã também pode ser percebida por meio da configuração dos elementos internos. A nova disposição dos mostradores do moderno painel de instrumentos, a posição mais elevada do console central e o design do conjunto formado pela iluminação, pelo cluster e pela guarnição dos painéis das portas favorecem à uma percepção de maior espaço, além de contribuir para uma aura mais esportiva.

O novo sedã possui baixo centro de gravidade e igual distribuição de peso entre os dois eixos (50:50), enquanto a rigidez estrutural da carroceria e o arranjo dos componentes da suspensão foram significativamente aprimorados. Ele também está 55 quilos mais leve que o seu antecessor, dependendo da versão e dos equipamentos embarcados, e a aerodinâmica otimizada contribuiu para a redução do coeficiente de arrasto para 0,23.

A qualidade premium do novo BMW Série 3 também pode ser lapidada graças a uma ampla variedade de elementos inovadores e de alta qualidade. O interior também pode vir com painel de instrumentos revestido com Sensatec ou couro; ar-condicionado com controle automático de três zonas de climatização, aquecimento auxiliar e carregamento sem fio (wireless) para smartphones. As características de conforto e estilo exclusivo do novo sedã também são ressaltadas pelo teto solar de vidro opcional, iluminação ambiente e sistema de som surround Harman Kardon.

O novo BMW X4: Esportividade e sofisticação em altas doses

A nova geração do BMW X4, que acaba de desembarcar no país vinda de Spartanburg, nos Estados Unidos, se destaca pela esportividade e pela sofisticação de seu design notável. Externamente, o SAC (Sport Activy Coupé, ou Cupê de Atividade Esportiva, em português) exalta uma imagem de extrema agilidade e robustez, graças às linhas e contornos marcantes que ressaltam a aparência atlética da carroceria. O design interno combina refinamento e dinamismo, uma vez que a cabine, a posição de dirigir e os comandos estão dispostos para oferecer ao motorista a melhor experiência ao volante, uma característica tradicional dos automóveis BMW. O novo BMW X4 cresceu em tamanho, se comparado à geração anterior. Ele está 8,1 centímetros mais comprido, 3,7 cm mais largo e com 5,4 cm a mais na distância do entre-eixos. Sob o capô da versão topo de linha M40i, exposta no estande da marca bávara, repousa um motor M Performance TwinPower Turbo, de seis cilindros em linha, de 2.998 cm³, capaz de entregar 360cv de potência e 500Nm de torque máximo. O conjunto inclui ainda transmissão automática esportiva, de oito marchas, e tração integral inteligente xDrive. Entre os vários dispositivos de assistência à condução embarcadas no veículo destacam-se o Driving Assistant Plus, que permite uma dirigibilidade inteligente em situações de trânsito lento ou longos deslocamentos; o Parking Assistant Plus, apto a proporcionar manobras de estacionamento seguras e precisas; Surround View, capaz de proporcionar visualização de todo o entorno do veículo; Display Multifuncional de 12,3 polegadas; BMW Head-up Display colorido, entre outros itens. O SAV premium médio está sendo disponibilizado em campanha de pré-venda, também na versão xDrive30i M Sport, dotado de motor de quatro cilindros em linha, de 1.998 cm³, 252cv e 350Nm de torque, e com preços a partir de R$ 334.950.

 

BMW Série 8 Coupé: Um novo capítulo no segmento de alto luxo

O novo BMW Série 8 Coupé acrescenta um novo capítulo à tradição de carros esportivos extraordinários da BMW e insere a marca premium bávara no segmento de alto luxo com um novo modelo absolutamente poderoso. Com lançamento no Brasil em 2019, trata-se de um carro de sonho que conta com um excelente desempenho, design altamente emocional, luxo em estado de arte e recursos excepcionalmente avançados em termos de tecnologias de comando e controles, assistência à condução e conectividade. A carroceria, o conjunto mecânico e a suspensão foram concebidos para assegurar agilidade e precisão supremas e um comportamento aguardado para um esportivo de primeira classe. Durante o seu processo de desenvolvimento, motores altamente potentes foram combinados com o sistema inteligente de tração integral inteligente BMW xDrive e a aplicação do conceito de design BMW EfficientLightweight. Destaque da BMW neste salão, a versão top de linha do esportivo M850i xDrive Coupé é impulsionada por um motor V8, a gasolina, desenvolvido recentemente e apto a entregar 530 cavalos de potência, entre 5.500 e 6.000 rpm, e torque máximo de 750Nm, de 1.800 a 4.600 rpm. A aceleração de 0 (zero) a 100 km/h é feita em 3,7 segundos e a velocidade máxima, limitada em 250 km. Este motor está conectado à uma versão aprimorada da transmissão esportiva Steptronic, de oito marchas. O design exterior do novo BMW Série 8 Coupé emana uma forma muito moderna de apelo esportivo, lindamente combinada com um ar de exclusividade, fascínio sensual e estilo emocionalmente vigoroso caracterizado por linhas elegantemente fluidas, carroceria baixa, capô alongado, janelas afuniladas, linhas de ombro ressaltadas, contornos do teto distintos em “bolha-dupla”, e janela traseira que se estende para a traseira. O modelo de produção, portanto atende a todas as expectativas geradas pela versão conceitual do esportivo. Sua aura única é o resultado de uma nova linguagem de estilo, focada na clareza, modernidade e caráter emocional. Com dimensões externas de comprimento 4,843 metros, 1,902 m de largura, 1,341 m de altura e uma distância entre eixos de 2,822 m, o cupê de duas portas adota uma posição extremamente poderosa em movimento. O porta-malas tem capacidade para 420 litros.

 

O novo BMW X5: Um pioneiro aprimorado com as mais recentes tecnologias

Quarta geração do BMW X5, o patriarca da família BMW X, estreia no Brasil em 2019 esbanjando sofisticação, esportividade, modernidade e robustez. Com mais de 2,2 milhões de unidades foram vendidas desde 1999, ano de seu surgimento, até o momento, o fundador do segmento Sports Activity Vehicle (SAV) acaba de abrir um novo marco na sua história de sucesso. Produzido em Spartanburg, nos EUA, o novo BMW X5 é significativamente maior que seu antecessor. O comprimento aumentou 36 milímetros, totalizando 4,922 metros; a largura, 66 mm, indo a 2,004 m; e a altura, 19 mm, saltando para 1.745 mm. A distância entre-eixos conta com 42 mm a mais, atingindo agora 2,975 m. Estas novas dimensões fornecem à nova geração do SAV não só uma aparência externa impressionante, mas um espaço interno invejável. Visto por fora, o novo BMW X5 adota uma linguagem de design robusta e clara, caracterizada por superfícies poderosamente esculpidas e linhas precisas. A ampla grade frontal cromada, em forma de duplo rim, as linhas de cintura e teto distintas e dinâmicas, e as lanternas horizontalizadas e de aspecto tridimensional estão entre os principais destaques do desenho exterior do veículo. O interior exalta uma aura elegante e moderna graças a materiais sofisticados, ao design harmonioso e um conceito inovador de ergonomia. E o vigor característico do BMW X5 também pode ser descrito pelo alto desempenho proporcionado por seu motor: um seis cilindros em linha, de 2.993 cm³, quadriturbo, movido a diesel, capaz de entregar 400cv de potência, a 4.400 rpm, e 760Nm de torque, entre 2.200 e 3.000 rpm. O conjunto motriz agrega ainda transmissão automática esportiva Steptronic, de oito marchas, e tração integral inteligente xDrive. Esta configuração garante aceleração de 0 (zero) e 100 km/h em 5,2 s e velocidade máxima de 250 km/h. A versão a ser oferecida no país, a X5 M50d, traz como principais itens de série o assistente de condução BMW Driving Assistant Professional, o assistente de estacionamento Parking Assistant Plus, com visibilidade do entorno Surround View, câmera de ré e sensores dianteiros e traseiro; reconhecimento por gestos BMW Gesture Control, faróis com tecnologia BMW Laserlight, sistema de som Surround Bowers & Wilkins, reconhecimento de pedestres BMW Night Vision, pacote M Performance, chave BMW Display Key e acabamento interno feito a mão em Glass Crafted Clarity, incluindo alavanca de câmbio com iluminação.

 

Ofensiva híbrida: BMW 530e M Sport e MINI Cooper S E Countryman ALL4

O Salão do Automóvel de São Paulo 2018 também foi escolhido pelo BMW Group para servir como plataforma de lançamento para seus novos veículos híbridos plug-in no Brasil: o BMW 530e M Sport e o MINI Cooper S E Countryman ALL4. Esta estratégia reforça o posicionamento da empresa como pioneira na antecipação de tendências e inovações tecnológicas no país, como fez ao disponibilizar, em 2011, o BMW Série 7 Active Hybrid, um dos primeiros veículos híbridos oferecidos no mercado nacional; o BMW i3, o primeiro compacto premium elétrico disponível para aquisição de clientes brasileiros pessoa física, e o esportivo-híbrido i8 Coupé, ambos lançados em 2014.

 

A variante híbrida plug-in do BMW Série 5, o sedã executivo mais vendido do mundo, faz sua estreia no Brasil colocando novas credenciais em evidência por aqui: a do sedã executivo mais inovador e tecnológico do mundo. Ele se distingue do Série 5 tradicional, a combustão, por vir equipado com o inovador sistema BMW eDrive, que integra um motor elétrico de última geração associado a um motor de quatro cilindros e 1.998 cm³, movido a gasolina, e apto a entregar 184cv, entre 5.000 e 6.500 rpm, e 290Nm de torque, de 1.350 a 4.250 rpm. A potência combinada é de 252cv, e o torque acumulado atinge 420Nm – 70Nm a mais que a versão à combustão. Com esta configuração, o sedã é capaz de acelerar de 0 (zero) a 100 km/h em 6,2 s e alcançar 235 km/h de velocidade máxima. Rodando no modo puramente elétrico, o BMW 530e tem autonomia de 46 quilômetros, sem necessidade de recarga. O BMW Série 5, o sedã executivo de maior sucesso no mundo, já pode ser adquirido nas concessionárias autorizadas BMW i no país, por meio de pré-venda, a partir de R$ 328.950. As unidades serão entregues no começo do próximo ano.

 

Já o MINI Cooper S E Countryman ALL4, o primeiro veículo híbrido plug-in da marca britânica produzido em escala, alça o tradicional ‘go-kart feeling’ a uma forma totalmente fascinante e sustentável, com baixo nível de emissões; além de oferecer agilidade esportiva e versatilidade em um patamar ainda mais surpreendente. Produzido em Born, na Holanda, este SAV agrega um sistema de tração integral eletrificada a um conjunto motriz composto por um motor elétrico, capaz de impulsionar as rodas traseiras; um motor a combustão de última geração, responsável por mover as rodas dianteiras; além de um sistema inteligente que faz o melhor uso entre as duas tecnologias, de acordo com o modo de condução e que proporciona uma autonomia estimada de aproximadamente 500 quilômetros. O motor elétrico, concebido seguindo o princípio de um sistema híbrido sincronizado, oferece potência de 88cv (65kw) e torque instantâneo de 165Nm, além de permitir que o veículo rode puramente elétrico por até 40 quilômetros de distância e alcançando velocidade de até 125 km/h, livre de emissões. Já o motor a combustão TwinPower Turbo, de três cilindros e 1.499 cm³, está apto a entregar 136cv (100kw) e 220Nm de torque, a partir de 1.250 rpm. No caso de uma aceleração mais intensa, o motor elétrico, atuando em conjunto com o motor a combustão, alcança uma potência total é de 224cv (165kw) e o torque de 385Nm proporcionando aceleração de 0 (zero) a 100 km/h em 6,8 segundos. Além da tecnologia do conjunto propulsor, o MINI Cooper S E Countryman ALL4 Plug-in Hybrid oferece uma vasta gama de equipamentos de série, como o MINI Connected, o MINI Concierge com atendimento 24 horas; Sistema de Navegação MINI com informação de trânsito em tempo real; Apple CarPlay; Head-up Display, sistema de som Hi Fi Harman/Kardon; Faróis Full LED direcionais; câmera de ré, entre outros itens. O MINI híbrido pode ser adquirido no país por meio de campanha de pré-venda, a partir de R$ 199.990, com entrega das primeiras unidades prevista para o próximo dia 26.

BMW Group