A primeira-dama Michelle Bolsonaro participa da sessão solene no Congresso Nacional hoje (27), pela manhã, para lembrar o Dia Mundial das Doenças Raras – Marcelo Camargo/Agência Brasil – Brasilia-DF

A solenidade lembra o Dia Mundial das Doenças Raras

A primeira-dama Michelle Bolsonaro participa da sessão solene no Congresso Nacional hoje (27), pela manhã, para lembrar o Dia Mundial das Doenças Raras. A data é celebrada em pelo menos 70 países com o intuito de sensibilizar população, órgãos da saúde pública e profissionais da área.

Pelos dados do Ministério da Saúde, há cerca de 13 milhões de brasileiros que têm algum tipo de diagnóstico de doença rara. São aproximadamente de 6 mil a 8 mil tipos de enfermidades que integram o grupo, sendo que 75% afetam crianças e 80% têm origem genética.

É a segunda vez que Michelle Bolsonaro vai ao Congresso Nacional desde a posse do presidente da República, em 1º de janeiro. As questões relacionadas à saúde e às pessoas com deficiência despertam a atenção da primeira-dama, que pretende dedicar-se aos programas sociais desenvolvidos pelo governo federal.

Por:Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil – Brasília
Edição:Renata Giraldi